quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Overdose de Simtek: "For Roland"

1994
David Brabham, MTV Simtek Ford
Simtek S941, Ford HB 3.5 V8, Goodyear
LII Grand Prix Automobile de Monaco, Monaco, Monte Carlo - Mônaco

(Clique para ampliar)








- Com a tragédia ainda viva na memória de todos, a Simtek vai somente com um carro para o GP de Mônaco. David Brabham corre com a inscrição que seria a “marca registrada” do carro até o final do ano: “For Roland”, no local onde antes se encontrava o patrocínio de pessoal de Roland, Bárbara Behlau.

Para a Simtek, tudo normal, mas para a Áustria, as coisas não iam nada bem. Karl Wendlinger, piloto da Sauber, bate muito forte na chicane da saída do túnel, ficando em coma por vários dias.

Brabham largou em 22º, ficando na frente das Pacific’s e das Sauber’s, que não participaram da corrida.

Na primeira fila, Senna e Ratzenberger "dividiam" as posições.

Sua incursão pela corrida se interrompeu na volta 45, quando teve um leve toque com Jean Alesi – que teve que, inclusive, parar para trocar o bico – e teve que abandonar.

Quem sabe o GP da Espanha seja melhor, não?

5 comentários:

Roberto Taborda disse...

Senna e Ratzemberger, voce quis dizer neh?

Rianov Albinov disse...

Sim Roberto, me atrapalhei com os nomes, mas já está corrigido.

Abraços

Anônimo disse...

Rianov,

Olhando algumas fotos de 1994, me parece que no GP do Japão, a inscrição "for Roland" não estava presente.

Quanto a Áustria, quantos pilotos austríacos tiveram graves problemas na F1:

1970 - Jochen Rindt morre;
1972 - Helmut Marko fica cego de um olho (por uma pedra que penetra a viseira de seu capacete);
1974 - Helmut Koinnig morre;
1976 - Niki Lauda quase morre;
1989 - Gerhard Berger bate na Tamburello e seu carro incendeia-se (Berger "tira uma sonequinha" lá dentro);
1994 - Roland Ratzenberger morre;
1994 - Karl Wendlinger quase morre

Sobram alguns mais ou menos ilustres desconhecidos que passam ilesos pela F1; nem acidentes nem performances que chamem a atenção, como:

Hans Stuck (pai de Hans-Joachim Stuck), Dieter Quester, Otto Stuppacher, Vern Schuppan, Hans Binder, Harald Ertl, Patrick Friesacher, Alexandre Wurz, Christian Klien...

Aliás, Rianov, um belo time de obscuros/exóticos que renderiam um bom número de posts! Que tal?


um abraço
Renato Breder

Rianov disse...

Renato, já fiz um post aqui no F1 nostalgia sobre isso:

http://f1nostalgia.blogspot.com/2008/08/pas-da-f1-pilotos-austracos.html

E no Motorpasion também:

http://www.motorpasion.com.br/competicao/pilotos-austriacos-glorias-e-tragedias-parte-1/
e
http://www.motorpasion.com.br/competicao/pilotos-austriacos-glorias-e-tragedias-parte-2/

abração

Ron Groo disse...

Na segunda foto uma das rodas dianteiras não toca o chão... Foto linda.