terça-feira, 30 de junho de 2009

Life Style: Os baixos e baixos da equipe

1990
Bruno Giacomelli, Life Racing Engines
Life L190, Life 3.5 W12, Goodyear
XXVIII Grand Prix Molson du Canada, Circuit Gulles Villeneuve, Montreal, Canadá

(Clique para ampliar)


De volta para a América do Norte, desta vez com Giacomelli no comando, a Life repete os feitos obtidos anteriormente. No Canadá poucas voltas e fica a 30 segundos do pole Ayrton Senna.

No México, faz ainda pior, com graves problemas de motor, dá uma volta lentíssima, ficando a quase 3 minutos do pole position. O gordinho Bruno virou o tempo de 4′04.475. A fase americana da equipe foi terrível.

Vita antes mesmo de “embarcar” para a America, já fazia contatos com John Judd, em busca de novos motores para substituir o exótico W12 de Rocchi. O desenrolar com John foi lento, e a equipe correu muito com os 12 cilindros ainda.

Ler o resto do post

3 comentários:

Arthur disse...

Olha o Giacomelli mostrando o que realmente "puxava como um trem"!!!!
HAHAHAHAHAHAHA


Pobre Brabham...

alexandre s disse...

justiça seja feita este carro era muito lindo

Manoel disse...

E a McLaren do Senna ao fundo.
Exemplo claro do melhor e pior da F-1 em 1990!

Abraços!

Manoel Beltrão.