sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Melhor combinação?

1984
Stefan Bellof, Tyrrell Racing Organisation
Tyrrell 012, Ford Cosworth DFY 3.0 V8, Goodyear
XLII Grand Prix Automobile de Monaco, Monte Carlo - Mônaco

(Clique para ampliar)


- Uma das melhores combinações de pintura entre carro e capacete. Lindos!

11 comentários:

Fernando Ringel disse...

Cara amigov,

permita-me complementar a legenda

"Uma das melhores combinações de pintura entre carro e capacete. Lindos!"

Nesta foto, em especial, a combinação é perfeita não apenas quanto as pinturas de carro e capacete, mas tbm se levarmos em conta a seguinte equação:

Bellof + chuva + Monaco + Tyrrell012 = que beleza, hein?


Um abraçov

Márcio Vilarinho Amaral disse...

A pergunta que não quer calar é: quantos títulos Bellof teria na F-1? Sim, porque vitórias, poles, melhores voltas, pódios ele teria aos montes. Mas, e títulos? Pela geração com a qual ele iria duelar (Prost-Mansell-Piquet-Senna), um ou dois. Mas poderia vir mais uns dois títulos a partir de 1994 (ou não, porque talvez se Bellof estivesse vivo em 94 Senna poderia não estar na Williams). Bom, são só suposições. Mas esqueçamos isso: imaginem dois Tyrrell 012, com essa pintura, para Bellof e Boutsen?

Leonardo (eu) disse...

cara, a Tyrrell era foda. sem mais palavras.

senna_poa disse...

Me assusto com o tamanho desse carro, qualquer pancada poderia ser fatal, o Brundle em Monaco mesmo capotou o carro (que mais parecia um kart de tão pequeno). Vejam os ombros do piloto tão a mostra. É um carro marcante, mas que marca o declinio da Tyrrel que pouco atualizou esse chassi por falta de dinheiro (em 83, 84 e 85 a equipe pouco mudou no visual)

Rodrigo disse...

Bela combinação realmente !
Agora uma pergunta : Antes poderia ter 2 carros da mesma equipe com pinturas diferentes?
Sim, porque Brundle corria com o Tyrrel com o patrocinio da Yardley Gold.
Segue link para comparações...
http://img261.imageshack.us/i/tyrrell84kl5.jpg/

Rodrigo disse...

Ah! Outra coisa, os Tyrrel com "formato Y" são realmente lindos, principalmente o Tyrrel 012 1983 com patrocínio da Benetton.

Anônimo disse...

Outra boa combinação: Patrese na Brabham, em 86.
Cumps.
Ric

Anônimo disse...

Outra boa combinação:
Eppie Wietzes, com uma Brabham BT42 Ford, no GP do Canadá em 1974.

Carro e capacete com pinturas iguais... pena que a foto que eu tenho mostrando isso é em preto e branco... Em outras fotos coloridas, que eu tenho, não dá para ver a combinação...

Mas, essa do Bellof & Tyrrell é realmente muito bonita! Nessa foto então, o paredão de pedra e o asfalto molhado "emboniteceram" a combinação!

um abraço,
Renato Breder

Rianov disse...

Verdade Renato, deve ser meu próximo post ;)

Abração

Daniel Machado disse...

Sensacional essa foto cara. Mas é triste olha também a foto, vendo que o piloto contido nela, muito talentoso, morreria muito cedo.

Nikolas Spagnol disse...

Antigamente não era proibido 2 carros da mesma equipe terem patrocínio diferentes. Foi só em 1999 que a FIA foi deixar claro que não seriam aceitos 2 carros diferentes na mesma equipe, barrando a ideia da BAR de fazer um carro Lucky Strike e outro 555. Aí fizeram o horroroso "carro remendado", que de um lado era branco e do outro era azul!

Agora, é estranho que antes não tinha nem um mísero guard-rail entre a pista e esse muro de pedra. Imagina o cara ser jogado pro lado e dar de cara nesse chapiscado aí? Não sobrava nem pro legista identificar! Esses pilotos deram foi muita sorte nesses anos perigosos...