domingo, 7 de dezembro de 2008

Pancadas incríveis: Gilles Villeneuve Ímola 80

Hoje veremos uma 'senhora' pancada do grande Gilles Villeneuve. De tão forte que foi a batida, a curva recebeu seu nome.

O Autódromo Enzo e Dino Ferrari entrava no calendário da F1 em 80 ainda como grande premio da Itália. A F1 vinha para sua 12ª etapa no mundial e Gilles não estava bem na classificação, acumulava apenas 4 pontos no campeonato.

Na corrida, Villeneuve, que tinha largado em 8º, estreava sua nova Ferrari, a 126C* turbo. Mas Villeneuve não teve muito tempo para andar no carro, já na volta nº5, um furo de pneu faz com que seu carro rode numa parte do circuito onde a velocidade era a maior, e bata de forma espetacular.

14 anos mais tarde, num acidente horrendo, o austríaco Roland Ratzenberger perderia a vida nessa mesma curva.

Confira a sequência de fotos da batida e o que restou da Ferrari de Gilles. Impressionante.

*(editando: O carro do acidente é a velha 312T5, Gilles só usou a 126C nos treinos)





















12 comentários:

Felipão disse...

Que panca...

E teve sorte, já que ninguém o acertou na volta para a pista...

Grande Gilles

MARK disse...

Cruzes!
Que batida hein?
Ta explicado pq esa curca recebeu o nome do saudoso Gilles!
E eu axando q era por causa de uma ultrapasagem ou algo assim.
Nada Disso!

Teddy disse...

Prezado Rianov. Apenas no " olhômetro ", acredito que essa Ferrari é a 312T5. A 126C Turbo vinha sendo cogitada para estreiar no final daquela temporada inclusive porque Jody Scheckter queria muito andar no carro antes da aposentadoria. Mas parece que o então novo modelo só estrearia mesmo em Long Beach 81, visto que a Ferrari não participou daquela malfadada corrida inaugural em Kyalami que, pela briga entre Fisa e Foca, acabou tendo seu resultado anulado. Abraços.

Speeder_76 disse...

É verdade. Confirmo o que o Teddy disse. Mas o carro esteve em Imola, para darem umas voltas. Contudo, decidiram que o melhor era correr no (mau) carro antigo.

anderson.pinna disse...

Depois dessa batida o Villeneuve começou a fazer hora extra! Pra não morrer numa porrada dessas nesses carros que se desmanchavam foi um milagre!

Rianov Albinov disse...

Opa!

Valeu Teddy e Speeder.

É que eu tenho umas fotos do Villeneuve nos treinos de Ímola, e lá esle estava utilizando a 126C. Daí o meu engano. Valeu por avisar. Vou alterar!

Arthur disse...

Essa 312T5 era muito feia!!Tinha esse bico horroroso e mal resolvido.

Germano disse...

Gilles Villeneuve sempre mandou uns porraços de respeito

Flavio Costa disse...

A sorte é que ele bateu de lado...se fosse de frente, um abraço pro gaiteiro!

Ron Groo disse...

Favetta que me desculpe, mas não posso deixar de comentar isto aqui:
"-Isto éra Gilles".
Destruidor de carros tão bom quanto piloto.

Anônimo disse...

Rianov, eu queria que você fizesse esse post do "eu também já estive por lá" com Hideki Noda, Jean-Denis Délétraz ou Toshio Suzuki. Você está sem tempo para cumprir meu pedido. Esse post sairá em um futuro próximo? Responda essa minha mensagem, Rianov!

Rianov Albinov disse...

Anônimo,
Délétraz é uma boa pedida.
Talvez o próximo seja com ele!

Abraços