sábado, 6 de dezembro de 2008

Projetos não concretizados: Dome F1

Hoje o F1 Nostalgia trás mais uma daquelas equipes que tentaram, mas não conseguiram entrar na F1. Relato a vocês, a tentativa da Dome de entrar no seleto grupo da categoria.

A japonesa Dome sempre foi mais envolvida com carros esporte, mas a partir do final da década de 80, começou a competir na F3000 japonesa. Este foi o grande impulso que a Dome deu para entrar na F1.

No final de 95, o 'manager' da Minardi, Tadashi Sasaki, se juntou à Dome, e, junto com a cúpula da tal, decidiram ingressar em algo maior. E o plano foi a F1.

Com bastante experiência, a Dome F1 contava, em boa parte, somente com tecnologia japonesa, que era muito forte, por sinal. O motor seria um V10 feito pela Mugen-Honda, motor esse que era utilizado pela Ligier na temporada de 96 e que inclusive ganhou o GP de Mônaco naquele ano. O chassi, foi desenhado por Akiyoshi Uko e teve o codi-nome de F105. Os pneus eram os Goodyear's, mas a equipe planejava usar os Bridgestones já em 97!

Para o câmbio, Sasaki escolheu usar o cambio semi-automático de 6 marchas da Minardi junto com o seu sistema hidráulico. Para pilotar o carro, a Dome convocou Shinji Nakano, Marco Apicella e Naoki Hattori.

Nakano, na época, já era bicampeão da F3000 japonesa (92 e 95, e seria tri em 96), Apicella, também já era um campeão da F3000 (94) e Hattori, que fora campeão da F3 em 90, viria a ser vice da F3000 em 96, ou seja, com bons pilotos, a Dome F1 contava.

Nos primeiros testes em meados de 96, quase sempre na pista de Suzuka, a Dome mostrou que o carro não era de todo ruim, mas estava muito longe de ser uma Williams da vida. Logo na suas primeiras saídas, com Naoki Hattori ao volante, o carro virou 1m46.270, quase 8 segundos mais lento que o pole de 96, em Suzuka, Jacques Villeneuve, que tinha virado o tempo de 1m38.909. Mas pelo menos, este tempo bateria o tempo de Lavaggi com a Minardi.

O carro da Dome sofria com pequenos problemas, era um vazamento de óleo aqui, outro alí, uma rachadura acolá, e assim por diante. Os freios também eram um ponto negativo. No inicio, o F105 tinha a tendência do Oversteer, o carro saia muito de traseira, mas avanços na aerodinâmica anularam este problema. Mas novamente, um vazamento de óleo, pôs, praticamente o fim da equipe Dome. Em um dia de testes em Suzaka, o F105 da Dome pegou fogo após um vazamento de óleo. Como os patrocinadores já não estavam muito animados com a equipe, não deram o apoio suficiente para que e a Dome ingressasse no mundial de 97. Acabaria ali a jornada do time na F1?

Quase... pois Sazaki queria por que queria entrar na F1, e, em 98, partiu novamente atrás da Mugen para, juntas, montarem uma equipe de F1, só que a Honda já estava em uma conversação muito mais avançada com a BAR, e a Dome não mais voltou a almejar uma vaga na F1.


Famosa equipe japonesa, a Dome também tentou entrar na F1.


Com seu chassi F105, desenhado por Akiyoshi Uko, ela tentou um lugar na F1 em 97


Os pilotos de testes foram o italiano que residia no Japão, Marco Apicella, que ...


... era campeão de F3000 em 94, ...


... Shinji Nakano, que também era campeão da F3000 japonesa (92 e 95), ...


... testou o carro, quase sempre na pista japonesa de Suzuka.


Um 3º piloto também testou, foi o japonês Naoki Hattori, e, nesse vídeo, podemos ver ele dar uma volta em Suzuka com o F105


Em um teste na pista de Suzuka,...


... um vazamento de óleo pôs fim a esse projeto, ...


... o carro pegou fogo e a Dome, junto com seus patrocinadores, não tiveram dinheiro/interesse em fazer outro carro.


O bólido era equipado com um bom motor V10 Honda.


Depois de muito tempo "abandonado" em um galpão debaixo do túnel de vento da Dome, ...


... o carro foi descansar no museu da companhia.

13 comentários:

Marcos Antônio Filho disse...

Mais uma da série: essa eu não sabia...

CLAP CLAP CLAP

show Rianov!

Anônimo disse...

Aqui no Japao saiu ate um jogo do PlayStation sobre a Dome.Deois eu mando uma foto!Cada visita aqui e uma boa surpresa,parabens!
Shindi Uehara.

Rianov Albinov disse...

Marcão,
Valeu camarada

Shindi,
Legal ter você por aqui. Eu já ouvi falar neste jogo, mas não tenho nenhum detalhe.
Estou no aguardo de sua fotografia!

Abraços

Ingryd Lamas disse...

Maravilha de post!!!

parabens!

e só pra constar, essa eu nao sabia tb! hauuhauauhahu

Felipão disse...

Que coisa...

Eu não me lembrava mais desse pessoal...

Valeu pelo resgate, Rianov...

Tomara que pessoas como essas tenham chances novamente na F1, já que vão reduzir os custos, por mal...

Speeder_76 disse...

Excelente matéria, Rianov! De facto, começo a concordar com o Felipão. Acho que a história dos Cosworth vai ajudar ao ingresso de algumas equipas na Formula 1. Sei que pelo menos duas sonham com isso...

Rianov Albinov disse...

Valeu pessoal!

Obrigado

Hugo Becker disse...

Excelente!

Isso me lembra o projeto da francesa DAMS, você já falou sobre ela aqui no blog? Se não falou ainda, é uma sugestão!

Abraço!

Fernando ringel disse...

Ao menos o chassis da Dome tinha linhas mais modernas que o chassis da DAMS.

Esse DOME lembra muito a Ferrari "magrela" de 97.
J[a, se me dissessem que foi a Alfa Romeo, a quem fez o chassis da DAMS eu acreditaria, tamanha a "obesidade" do carro.

Quanto a chassis de F1 abandonados, todos estavam empolgados com o chassis 09 da Honda. Alguma equipe deve comprar o projeto... e daqui a alguns anos esse historia tbm vai estar aqui no F1 Nostalgia.

Um abraco,

Rianov Albinov disse...

Hugo,
Já fiz sim, mas foi lá nos primordios do Blog. Confesso que ficou meia boca a matéria da DAMS

Fernando,
Verdade, a DAMS é muito pouco harmônica mesmo. Gordinho feito as Alfas.

Arthur disse...

Putz, cheguei atrasado e perdi esse post!

Tava fuçando na internet no outro dia e encontrei a história da Dome e de outra equipe japonesa que tentou entrar na F1: HKS(!!)

Tem até vídeo de teste do carro.

http://es.youtube.com/watch?v=J3s8NSY06SA

No começo eu achei que era um protótipo de F3000 japonesa mas o negócio era pra entrar na F1!!
Não sei qual foi o final da história mas que é interessante é.

Achei um link com histórias sobre outros motores fracassados,Rianov!!

http://forix.autosport.com/8w/engine-failures.html


Espero que enriqueça o seu(ótimo) blog!

Abraço

Rianov Albinov disse...

Arthur,
HKS(!!!!!!!!!!!!!!)

Nunca tinha ouvido falar!
Como assim!?
Tem informações?
Não tenho nenhuma!

Anônimo disse...

Também só fiquei sabendo da hitoria do HKS pelo 8W .

Mas o chassi é um Lola mesmo de F3000 modificado ,note que a traseira ficou muito comprida ,outra modificação esta nas laterais ,maiores ,para um radiador que aguente um V12 ,e meteram um airbox ,que no f3000 era nas laterais tipo Benetton.

Jonny'O