sábado, 13 de dezembro de 2008

Loucuras, humor e acasos: Evolução dos cockpits


1959 Lotus 16


1960 Lotus 18


1965 Honda RA272


1967 Cooper T86


1968 Lotus 49


1970 Matra MS120


1971 March 711


1972 Brabham BT37


1973 Tyrrell 006


1974 Ferrari 312B3



1975 Tyrrell 007



1976 Tyrrell P34


1977 Wolf WR1


1978 Fittipaldi F5A


1979 Brabham BT49


1980 Ensign N180


1981 Ferrari 126CK


1982 Renault RE30B


1983 Williams FW08C


1984 Ferrari 126C4


1985 Minardi 185B


1986 Lola THL2


1987 Ferrari F187


1988 Coloni FC188B


1990 Benetton B190


1991 Ferrari 642


1992 Footwork FA13


1994 Benetton B194


1995 Ferrari 412T2


1997 Williams FW19

16 comentários:

Arthur disse...

RIANOV,TEU BLOG TÁ FLÓRIDA!!!!!

TODA SEMANA TEM UMA POST SENSACIONAL!

Os cockpits só mudaram mesmo a partir da metade da década de 70.A partir daí só foi fucando mais bem acabado,porque eram basicamentes iguais.

Só tenho uma pergunta:O piloto canhoto não tinha nenhuma dificuldade a mais para pilotar,pelo fato de a marcha ser sempre do lado direito?

Abraço Rianov!!

Rianov Albinov disse...

Acho que não. É questão de costume Arthur,
Vide os carros japones e ingleses que tinham o cambio do lado esquerdo e os destros não tem nenhuma dificuldade de usar o cambio!

Valeu Arthur!!

Tiago Costa disse...

Rianov, julgo que alguns cockpits já estão bastante alterados, uns ao nível dos volantes, outros ao nível da instrumentação.

Exemplos:
- 1980 Ensign N180 (stacks digitais só apareceram alguns anos depois)

- 1975 Tyrrell 007 e 1994 Benneton B194 (volantes diferentes dos originais da época)

Vinícius disse...

Meus parabéns pelas fotos!

Sempre tive curiosidade para saber como é a Tyrrell 006 por dentro.

Rianov Albinov disse...

Verdade Tiago,
A maioria dessas fotos são de compradores de carros de F1 que os colocam para correr de novo em provas históricas.

Abraços

Ron Groo disse...

Maravilhoso este post, nunca tinha visto tantos f1 por dentro.
Agora cá entre nós, no Matra Ms120 tem uma bobina ou sei lá o que que fica bem entre as pernas do piloto. Aquilo não queima o saco do cara não Russo?

Rianov Albinov disse...

Ron,

Sei lá, mas aquilo me parece um extintor de incêndio. (Falei besteira?)

Felipão disse...

Até levantei pra aplaudir...

Excelente, Rianov...

Guilherme disse...

Meu, demais...
Muito bom.
Sobre pilotos canhotos terem problema, diziam que uma das vantagens do Senna era pq ele era canhoto, assim, tinha mais firmeza pra segurar o volante e fazer qq mudança de direção...
Simplesmente D+!
Abracos!

Priscilla Bar disse...

Fantástico, Rianov!

Poxa, reparando em uns assentos das fotos,sao precários perto dos de hoje em dia. Imagino a dor no corpo depois das corridas.

Arthur disse...

Guilherme,foi o que eu pensei também.
Naquela época o cara tinha que segurar o volante na maior parte do tempo com a esquerda,e mexer no volante dá muito mais trabalho que simplesmente jogar a marcha pra cima ou pra baixo.Logo,o canhoto levava vantagem(por ter mais habilidade na mão que leva o volante).

Rianov Albinov disse...

É, olhando por esse lado, até que vocês tem razão

Abraço a todos!

Maxwell disse...

Rapaz, já está ficando redundante dizer que os seus posts são muito bons!
Agora, vendo o volante da brabham 72, o original era assim mesmo, "retiráveis" não tinha sido a ferrari pioneira anos depois? abs

Douglas disse...

Sinistra é a lotus de 1960, o cara fica com a bateria entre as pernas, from hell

Rianov Albinov disse...

Valeu Maxwell,

A maioria dessas fotos foram tiradas de competições de carros históricos, e um ou outro painel/volante está alterado.

Valeu pessoal!!

Anônimo disse...

SENSACIONAL!!!!!!!!
E DE CAIR LAGRIMAS....