sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Roda, Leão! Spin in Rio 85'

E...

... lá...

... vai...

... Mansell...

... parando.

Grande Prêmio do Brasil de 1985. Finado circuito de Jacarepaguá, Rio de Janeiro. Duas das equipes mais históricas da Fórmula 1. Ferrari de um lado, Williams de outro... e no meio de tudo um Leão rodopiando feito barata tonta.

Primeiro GP da temporada, olhos voltados para o Brasil, que naquele comecinho de abril fazia chinelos derreterem no asfalto da pista carioca. Senna estreava na Lotus, Piquet estava bem cotado no ano, grid repleto de estrelas, um último campeonato decidido por 0,5 pontos... a Fórmula 1 fervia, literalmente, na prova brasileira.

Mais atrás, um ainda jovem e arrojado piloto que corria na equipe de um ex-campeão mundial (Rosberg) queria mostrar muito trabalho. Nigel Mansell vinha com sede ao pote - como sempre o fez - para rumar às vitórias. E naquele ano, naquele dia, não foi diferente.

Largando da quinta posição, já limou de seu caminho Senna e De Angelis, da Lotus, partindo para cima do pole Alboreto, que era o segundo na ocasião. Na volta oito, quando buscava a cola do companheiro Keke...

Bateu.

Rodou.

Fim da história.

4 comentários:

Paulo Alexandre Teixeira disse...

Detalhe: o numero 5 ainda era branco. Creio que o vermelho apareceu no Canadá.

Ituano Voador disse...

E Alboreto, depois da corrida, desceu o malho em Mansell: "ele não sabe que não se ganha uma corrida nas primeiras voltas".

Rianov disse...

@speeder... tens toda razão! também havia reparado no 5 white do nigel mansell!

@ituano... mansell não aprendeu até hoje, garanto!

Marcelonso disse...

Rianov,

Esse circuito era muito bacana e pelo fato de ser totalmente plano, era possível acompanhar toda a volta...

Foi uma perda enorme para o esporte a motor aqui no Brasil.

Muito bom poder rever isso por aqui.

Continue o bom trabalho. Estaremos sempre por aqui;


abs