segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Ensaio Fotográfico: Coulthard na Benetton do Schumacher

1992
David Couthard, Camel Benetton Ford
Benetton B192, Ford HB 3.5 V8, Goodyear
Teste, Silverstone, Grã-Bretanha

(Clique para ampliar)


- 9 e 10 de Dezembro de 1992, infelizmente, não tenho os tempos. O obscuro Giovanni Bonnano também testou.

Ps. Por onde anda Bonanno?

7 comentários:

Carlos disse...

Boa pergunta Rianov!

Fiz um pouco de investigação e descobri poucas coisas sobre o Giovanni Bonanno.
Ele andou pela Fórmula 3000 entre 90 e 92 com resultados pífios (3 épocas, 0 pontos).
Em 93 nada sei dele (estaria parado?).
Em 94 andava pela Fórmula 3 e a nível de alta competição parece que ficou por aí.
Actualmente participa ocasionalmente em provas de Rally e é ainda o director desportivo de um grupo que organiza eventos de motocicletas. Muito longe da F1 portanto.

(Ainda espero a referência ao Badoer esta semana ;) )

William Passos disse...

Nossa entao o Couthard é um aventureiro da F1 usou varios carros , e hj aposentado ainda fica brincando com a RBR por ai... Ta muito 10 seu blog , abraços !!

Jaime Belmiro disse...

Na hora me lembrei quando Schumacher emprestou seu capacete para Coulthard em Mônaco/96. Mal sabia eu que o alemão já havia "emprestado" o próprio carro, em 92. Que foto!! Parabéns pelo site, Rianov.

Rianov Albinov disse...

@Carlos,

Ta prontinha a postagem do Badoer. Vai ao ar amanhã (19/08)

Abraços a todos pessoal!

Elton disse...

Benetton: Os carros mais bonitos da Fórmula 1 em termos de pintura, principalmente nos anos iniciais até 1993.

Alucinando Henrique Cardoso disse...

Desde 92, Bonano é assiduo competidor de campeonatos de endurance. Foi tri campeão do italiano de Gt entre 96 e 98, o que lhe rendeu um teste com uma Minardi na pista de Emna-Pergussa em fevereiro de 99. O teste entrou para os anais da F1 como o mais breve de todos os tempos, já que Giovanni destruiu o monoposto logo na primeira curva do perigoso circuito siciliano. Desde 2000, Bonano participa da Endurance Open Series, primeiro com carros Ferrari - modelos 550 e 430. A partir de de 2006, formou uma parceria com os também italianos Franco Scarpini e Giovanni Lavaggi, sob nome de Scuderia BSL, corre com o prototipo LS-1, projetado por Lavaggi e construido pela GlsV-Brum. Nas duas primeiras temporadas o bolido foi equipado com o motor PME-Ford V8 e com o AER P37. A grande novidade para 2009 foi a adoção do motor W8 Biturbo da Bugatti, que na verdade se trata do motor que equipa o Veyron dividido ao meio, com esse exotico canhão o carro já quebrou o recorde de velocidade maxima de Monza, atingindo 374 Km/h, deixando os responsáveis por segurança da FIA de cabelo em pé.
Infelizmente, Bonano não está apto a participar do restante da temporada, já que em maio o italiano teve sua licensa revogada depois de ter sido surpreendido pilotando um Maserati MC12 a 270 Km/h na região da toscana acompanhado por garotas de vida facil e vizivelmente bebado, segundo alguns periodicos italianos, Bonano é figura facil nas festinas quentes que acontecem na casa de campo de Silvio Berlusconi.

Hugo Becker disse...

Essa eu conhecia, cara, e tinha até umas fotos em qualidade bem pior aqui. Mas essa tá um espetáculo! Até pra quem não gosta do Coulthard, como eu.