quinta-feira, 3 de abril de 2008

País da F1: Pilotos Italianos

A seção de hoje é bem forte, ela vem falando dos pilotos italianos, temos 2 campeões em seu Hall da Fama, Alberto Ascari e Nino Farina, um vice, Riccardo Patrese, e um 3º colocado, Elio de Angelis. Perdoe-me, mas sei que deixei muita gente boa de fora, mas só vou colocar no máximo 10 pilotos por país, acompanhe:

Alberto Ascari

Foi o primeiro bi-campeão da F1, em 52-53 . Em 52 com sua Ferrari dominou por completo o certame, só não venceu uma, em Indianápolis. Em 53 começou arrasadoramente vencendo 3 das 4 primeiras provas do campeonato, e ainda venceria mais 2 completando o show. Morreu tragicamente em Monza quando testava um carro esporte em 55, três dias antes, tinha caido no mar de Mônaco em seu ultimo GP .



Alberto Ascari na Ferrari


Andrea de Cesaris

Tambem conhecido como Andrea de "Crasharis" em virtude do seu jeito "atrapalhado" nas pistas, Andrea conseguiu muitos fãs ao redor do planeta, estou a arriscar que é um dos pilotos mais carismáticos da Itália. Na F1 conseguiu seus melhores resultados pela Alfa Romeo em 83, conseguindo dois segundos lugares, de Cesaris ficou "zanzando" por muitas equipes na Formula 1, veja aqui suas equipes.



Andrea de Cesaris na Mclaren


Elio de Angelis

Conhecido tambem com "The Gentleman", o gentil, fez muita história na F1. Seu "debut" foi em 79 na Argentina pela equipe Shadow, mas sucesso mesmo veio pela Lotus, lá ele passou longos e bons anos conseguindo suas vitórias e um 3º lugar no campeonato de 84, em 86 se muda para a MRD Brabham e num terrivel acidente em testes em Paul Ricard Elio perde a vida. Para mim nunca vou esqueçe-lo, pois seu capacete é muito marcante para mim, o mais belo de todos, principalmete aquele de início de carreira(veja na foto).



Elio de Angelis na Lotus


Giancarlo Fisichella

Piloto este que ainda se mantem na ativa, Fisichella começou sua carreira pela italiana Minardi em 96, por lá fez uma temporada nos padrões de qualquer piloto que passe por lá, nos anos seguintes ele corre pela Jordan e Benetton, sendo que esta ultima é onde ele consegue seus melhores resultados, são 3 vitórias na carreira e um 4º lugar no campeonato de 06. Hoje ele amargura uma vaga na Force India.



Giancarlo Fisichella na Minardi

Ivan Capelli

Em uma singela homenagem a nosso querido blogeiro e homônimo Ivan Capelli, pus este nobre piloto no hall dos melhores pilotos italianos. Ivan estreia em 85 na Formula 1 por fracas equipes, como a Tyrrell (onde consegue uma 4ª colocação na Australia) e AGS em 86, faz somente 4 GP's em dois anos, mas com vários titulos europeus em categorias de ascesso (F3 Italiana, F3 Europeia e F3000 Mundial) , ele não podia desapontar, e não o fez. Em 87 ele ingressa na Leyton House e é la que consegue seus melhores resultados, 3 pódiuns. Em 92 é contratado pela Ferrari, em em 93 se muda para a Jordan onde encerra sua carreira.



Ivan Capelli na Ferrari

Jarno Trulli

Outro piloto que ainda se mantem na ativa, Trulli começou sua carreira em 97 na Minardi, mas logo logo já se transefere para a Prost no lugar do machucado Panis, em 00 se muda para Jordan onde mantem um bom ritmo, mas é pela Benetton-Renault que consegue sua primeira e única vitória, no final de 04 de muda para a Toyota que é ainda hoje a sua equipe.



Jarno Trulli na Prost


Lorenzo Bandini

Iniciou sua carreira pela Cooper em 61, mas foi pela Ferrari que consegiu seus melhores resultados, em 64 consegue sua primeira e única vitória na carreira no GP da Austria, nesse ano ainda conseguiria mais 3 pódiuns e um 4º lugar no campeonato de pilotos. Em 67, numa trágica corrida, Bandini morre quando sua Ferrari bate numa barreira de fardos de palha na saida do túnel e explode numa bola de fogo.



Lorenzo Bandini na Ferrari

Michele Alboreto

Fez um verdadeiro "tour" pela F1, começou pela Tyrrell em 81, e é lá que consegue suas primeiras 2 vitórias, 84 se muda para a Ferrari onde tambem faz brilhantes temporadas, inclusive em 85 brigando pelo título com Alain Prost, mas acabou ficando com o vice. Em 89 quando sai da Ferrari, sua carreira entre em descesso, Alboreto roda por varias equipes antes de se aponsentar pela Minardi em 94. Em 01 ele morre andando com um Audi R8 pela Le Mans Series.



Michele Alboreto na Ferrari


Nino Farina

O desbravador da F1, foi Farina que conquistou o primeiro campeonato de F1 lá nos primordios de 50. Começa sua carreira arrasadoramente, vence no GP de estreia em Silverstone. Pela Alfa, Farina vence 4 de 13 GP's disputados. Em 52 se muda para a Ferrari onde mantem a boa atuação, terminando 52 e 53 na 2ª e 3ª colocação respectivamnete. Em 55 encerra sua brilhante carreira por outra equipe italiana, a Lancia, fechando assim uma invejosa carreira.



Giuseppe Farina na Alfa Romeo


Riccardo Patrese

Mais um excelente piloto Italiano. É mais um dos andarilhos da F1, acompanhe aqui sua trajetória. Iniciou na F1 pela Shadow em 77, mas é pela Williams que ele "detonou", foi 3º colocado no mundial de 89 e 91, e foi vice de Mansell em 92 com a sua Williams de outro mundo. É até hoje o piloto com mais GP's disputados na história da F1, possivelmente será ultrapassado neste ano pelo nosso Rubens Barrichello.


Riccardo Patrese na Alfa-Benetton


2 comentários:

Speeder_76 disse...

Gostei, Rianov, embora tenha que dizer umas coisinhas mais:

- O Ascari teve um grande acidente no GP do Moanco de 1955, onde ele caiu à água, mas não se feriu muito. Três dias depois, já em monza, foi fazer esse tal teste fatal em Monza, no sítio onde agora é a Variante Ascari.


- O acidente do Bandini foi à saída do túnel, e não à entrada, na volta 81 de 100. E não foi contra uma barreira de pneus, mas sim contra fardos de palha. Aliás, foi por causa desse acidente que estes foram abolidos. Podes ver no Youtube o acidente dele, pois foi horrivel e ele ainda sobreviveu 72 horas, terrivelmente queimado.


Saudações Europeias!
Speeder

von disse...

muito massa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

parabens!
pela qualidade das inf.