quarta-feira, 12 de março de 2008

Andarilho : Roberto Moreno

Começando mais um quadro, estarei apresentando hoje o Andarilho Moreno, piloto brasileiro que correu por inumeras equipes, e é ate hoje o piloto nacional com o maior numero de pontos sem conquistar uma vitória. São 42 largadas e 15 pontos, numeros expressivos em vista que, na maior parte de sua carreira, ele correu por equipes mediocres, acompanhe !


Primeira aparição de Moreno na F1, substituindo Mansell em 1982



Campeão da F3000 em 88, assinou um contrato com a Ferrari para piloto de testes, mas...



... sua primeira corrida foi pela AGS, e tambem seu primeiro ponto no GP da Australia.



Em 89, foi contratado pela Coloni, equipe pela qual não marcou nenhum ponto.


No ano de 90, Moreno começa pela fraca Euro Brun...



... e termina na Benetton fazendo sua maior atuação na F1, uma 2ª posição no GP do Japão.



O Ano de 91, é o mais atribulado de Moreno, Começa na Benetton, se transfere para Jordan...



... faz uma corrida pela Minardi e ...



... ainda faz um teste no final do ano pela McLaren.



O ano de 92 é fraco para Moreno, ele corre pela ruim Andrea Moda.



95 foi o ano da despedida, ele corre pela equipe Ítalo-brasileira Forti Corse.

Um comentário:

daniz04 disse...

Sempre admirei o nosso operário do automobilismo. Sempre foi um grande piloto, mas sem dinheiro.
Não sabia que ele havia estreado em 1982, substituindo o Mansel na Lotus.
Ele teve grandes momentos, como o ponto na Autrália em 1987 pela AGS, o 2º lugar no Japão em 1990.
E se despediu em 1995, fazendo parte da última dupla brasileira na Fórmula 1, ao lado de Pedro Paulo Diniz, e correndo por uma equipe meio brasileira. Saudades !