quinta-feira, 27 de maio de 2010

Evolução aerodinâmica

1973
Jean-Pierre Beltoise, Marlboro BRM
BRM P160E, BRM 3.0 V12, Firestone
XLIV Gran Premio d'Italia, Autodromo Nazionale Monza, Monza - Itália

(Clique para ampliar)


- Que 'F-Duct' que nada, o negócio era entortar o 'Scoop' mesmo.

E olha o Pace lá atrás!

5 comentários:

André D. Molin disse...

Ele olhando no retrovisor e pensando: "Porra, cadê a tomada de ar do carro.".

E outra, o carro dele perdeu um pouco de potência depois que caiu né. Coitado dele...

walter disse...

Genial, a linda BRM, na fantástica Monza de antigamente (sem tantas chicanes e curvas travadas), na frente do nosso Moco.
Na série "perdi-minha-tomada-de-ar", tem ainda o Amon, de Amon, bem como o Jarier, de Shadow.

Rianov Albinov disse...

Isso mesmo! Lembro do Jarier com a Shadow assim!

Walmoroso disse...

Com o perdão do palavrão mas...Que Merda foi essa?! A entrada de ar do carro descolou?!

Leonardo (eu) disse...

O_O whathahell...? o que aconteceu com o carro do Beltoise?